Como fazer um planejamento financeiro

0

Devido as crises econômicas vivenciadas pela população brasileira nos últimos anos que abalaram e ainda abalam a economia do país, se torna cada dia mais importante fazer um planejamento financeiro, não somente para cortar gastos e economizar dinheiro, mas para buscar também uma melhor qualidade de vida para o futuro e o presente.

Elaborar um planejamento financeiro é o primeiro passo para conquistar seus objetivos de médio e longo prazo, afinal de contas, para realizar sonhos e desejos é imprescindível contar com uma estratégia bem definida, isso porque a maioria dos nossos anseios de vida dependem de dinheiro, tornando inevitável a necessidade de planejar a vida dos sonhos levando em consideração as nossas finanças.

O que também torna o planejamento financeiro uma ferramenta poderosa, pois somente com esta ferramenta é possível proporcionar segurança para aproveitar os prazeres da vida e ainda poder contar com uma garantia para eventuais imprevistos. E é exatamente por esse motivo que a redação do Oportunidades Profissionais desenvolveu este artigo com todos os passos para você aprender como fazer um planejamento financeiro.

Leia também: Feirão Limpa Nome [negocie suas dívidas com até 90% de desconto]

O que é planejamento financeiro

Planejamento financeiro é uma ferramenta de administração e organização financeira que visa basicamente definir uma trajetória, como uma espécie de roteiro que funciona em conformidade com metas e objetivos de curto, médio e longo prazo para que as pessoas possam seguir de maneira segura a melhor direção para cada caso (pessoal, familiar ou empresarial).

Destacamos, no entanto, que essa organização financeira, seja ela pessoal, familiar ou empresarial, exige que o indivíduo realize um reconhecimento de prioridades, uma análise de objetivos e um diagnóstico monetário do caso como um todo para ser possível estabelecer uma trajetória ideal de acordo com as perspectivas definidas.

Isso porque cada pessoa tem uma maneira diferente de consumir e organizar o seu dinheiro, e é muito valido saber montar um bom planejamento financeiro que funciona para cada perfil financeiro e caso, ou seja, para fazer um planejamento que dê certo para você, é preciso entender a forma como você lida com o dinheiro e como funcionam suas finanças.

Como fazer um planejamento financeiro

Planejamento financeiro pessoal

O planejamento financeiro pessoal propõe que um indivíduo que deseja administrar e organizar sua vida financeira pessoal, despesas e receitas, consiga fazê-lo através desta poderosa ferramenta, que tem o intuito de organizar suas finanças para que atenda às suas necessidades atuais e ainda aos seus anseios futuros de vida.

Isso quer dizer que a ferramenta pode ajuda-lo a ter uma vida financeira saudável que tenha uma organização econômica capaz de torná-lo apto para ter maior controle de gastos, de contas a pagar e a receber, consciência das suas metas e objetivos de vida e ainda consiga identificar seus hábitos econômicos nocivos para que possa mudá-los.

Leia também: Como limpar o nome sujo [pagando o mínimo possível]

Planejamento financeiro familiar

O planejamento financeiro familiar visa garantir o bem estar monetário da família e ajudar na conquista de bens patrimoniais ou abstratos, como casa própria, automóvel, viagens e outros que sejam de médio e longo prazo. Ou seja, o planejamento financeiro familiar atua definindo metas e estratégias de investimento que possam conduzir ao melhor resultado possível para a família como um todo.

Mas, salientamos que a administração e organização financeira familiar abrange todos os tipos de ganhos, gastos e investimento da família. Sendo assim para ter uma visão geral das entradas e saídas é necessário agrupar os ganhos e gastos, para somente então ser possível minimizar os gastos e aumentar os ganhos através da definição de objetivos de curto, médio e longo prazo.

Planejamento financeiro empresarial

O planejamento financeiro empresarial faz parte do plano de negócios de uma empresa e tem a finalidade de concretizar uma ideia de negócio. Seu principal objetivo é apontar as diretrizes para que a ideia se torne rentável ao estabelecer ferramentas de controle para garantir o cumprimento das metas propostas para um curto, médio e longo prazo.

Por esse motivo que um planejamento financeiro empresarial exige uma metodologia diferenciada, no entanto segue a mesma diretriz de reconhecimento de pontos fracos e fortes, análise de mercado e diagnóstico de caixa para definir ações estratégicas com revisões e ajustes para conduzir ao melhor resultado dentro do nicho de atuação.

Como fazer um bom planejamento financeiro

Um bom planejamento financeiro começa pela definição de objetivos financeiros de curto, médio e longo prazo e a partir daí, com determinação e algumas mudanças de hábitos poderá gerenciar as finanças que se tornarão algo automático.

Por isso, antes de começar a fazer o seu planejamento financeiro é preciso primeiro definir quais são seus objetivos financeiros, acrescentando dados completos de orçamento e prazo de conquista, pois tais informações podem ajuda-lo a se motivar a seguir seu projeto.

A partir deste ponto, as ações que devem ser tomadas podem variar um pouco dependendo do tipo de planejamento financeiro que será feito, pessoal, familiar ou empresarial, mas em suma, o próximo passo envolve basicamente entender como funcionam as suas finanças para elaborar um plano de ação que lhe ajude a atingir seus objetivos financeiros.

E por fim basta apenas organizar e acompanhar todas as despesas e receitas mensais, criar uma reserva de emergência, criar metas para suas despesas e gatos, estabelecer prioridades para cortar gastos supérfluos, fazer investimentos e mudar de comportamento para manter a sua motivação e o seu comprometimento para realizar seu sonho ou desejo.

Aconselhamos que a distribuição da sua renda total seja feita usando uma regra simples de porcentagem, onde é necessário apenas dividir a porcentagem total da sua renda em 04 ou 05 partes menores que devem ser destinadas à seus gastos fixa, ao investimento do seu objetivo, ao seu lazer e a uma reserva de emergência, o que deve totalizar 100% da sua renda atual.

Exemplo:

  • 50% Gastos fixa
  • 20% Objetivo
  • 20% Lazer
  • 10% Reserva de emergência

Destacamos que atualmente existem várias ferramentas que são destinadas a ajudar na organização de um  planejamento financeiro, seja ele pessoal, familiar ou empresarial, apesar desta organização poder ser feita  de maneira mais simples em um caderninho ela também pode ser feita utilizando um serviço gerador de planilhas ou ainda através de aplicativos de controle financeiro, mas o mais importante é a pessoa conseguir entender seus ganhos e gastos.

Leia também: Como funciona o cartão de crédito [juros, prazos, multas e limite]

Ferramentas para organizar o seu planejamento financeiro

Ao utilizar ferramentas para manter a organização do seu planejamento financeiro é necessário ter em mente a importância de ter o hábito de anotar os gastos diariamente, pois além de garantir mais precisão nos dados de ganhos e gastos ainda permitem uma melhor visão geral das suas finanças.

Destacamos que o uso de ferramentas como planilhas de Excel, planilhas prontas para download ou aplicativos de controle financeiro ajudam ainda na identificação de hábitos nocivos em bens supérfluos e facilita a criação de uma programação com o orçamento comprometido para os próximos meses para não extrapolar nos gastos e ficar negativado.

Planilha Excel

Fazer uma planilha no Excel exige tempo, no entanto também garante uma organização única e clara, pois como é desenvolvida por quem vai utilizá-la, a torna uma ferramenta objetiva. Destacamos que é essencial criar campos específicos para cada categoria com valores exatos.

Recomendamos que a planilha comece com anotações de despesas fixas, em seguida seja acrescentado os gastos com investimentos (objetivo e reserva de emergência) e por fim deixe um espaço com um orçamento para os gastos com lazer, que deverá ser preenchido conforme utilizado. Reforçamos ainda que é muito importante criar uma categoria com informações de gastos de parcelamentos, como cartão de crédito e financiamentos.

Para os que tem preferência por planilhas, por se identificarem mais, também existem alguns modelos de planilhas prontas para download já disponíveis na internet. Para os que se interessarem por modelos prontos recomendamos o uso do modelo planilha de gastos pessoais disponibilizada pela Conta Azul ou à planilha de orçamento doméstico disponibilizada pelo Idec.

Aplicativos para controle financeiro

Quanto ao uso de aplicativos para controle financeiro, recomendamos o uso de 05 específicos que são os mais conhecidos e bem avaliados no mercado atual e por isso não proporcionam riscos aos usuários.

Guia do Bolso

O aplicativo Guia do Bolso é gratuito e bem completo, o mesmo permiti a organização das despesas por categorias, e ainda conta com integração dos bancos brasileiros, proporcionado que os usuários tenham a opção de cadastrar as suas contas e cartões para que o sistema identifique o seu extrato e interprete os gastos, categorizando-os de forma automática.

Meu Dinheiro

O aplicativo Meu dinheiro possui versão gratuita e paga e está disponível tanto para dispositivos moveis quanto web. O sistema deste aplicativo faz uma análise completa das finanças, incluindo gestão de cartão de crédito, controle de saldos e registro de gastos com itens específicos. Além disso ele ainda permite definir objetivos financeiros de médio e longo prazo permitindo a visualização de metas.

Organizze

O Organizze é um aplicativo de controle de gastos e despesas mensais, o mesmo conta com uma versão básica grátis que oferece relatórios completos, categorização de gastos e receitas, alertas de contas a pagar e a receber e controle da fatura do cartão de crédito, ele também oferece uma versão premium paga com recursos exclusivos.

Minhas Economias

O aplicativo Minhas Economias possui versão gratuita e paga e está disponível tanto para dispositivos moveis quanto web. O aplicativo permite organizar as contas pessoais, planejar orçamentos, categorizar manualmente as despesas e ainda envia lembretes de pagamentos e transações que devem ser feitos nos próximos dias, além de oferecer notícias sobre o universo financeiro.

Mobills

O aplicativo Mobills possui versão gratuita e paga e está disponível tanto para dispositivos moveis quanto web. O aplicativo permite categorizar as despesas e receitas, disponibiliza gráficos e relatórios personalizados e define metas. A versão premium conta recursos de gerenciar o cartão de crédito e registro de gastos manual.

Para escolher um aplicativo ou planilha pronta para download, aconselhamos que os usuários observem as funcionalidades de cada um, para verificar qual deles é mais adequado para as suas necessidades, além disso, também é importante analisar a interface de cada um e escolher aquele que for mais intuitivo para as suas necessidades.

Agora que você já aprendeu como fazer um planejamento financeiro que tal ler também os demais textos do site na categoria de finanças, para absorver mais dicas que irão ajudá-los a conquistar o seu sucesso financeiro. Estamos abertos a responder todas as suas dúvidas sobre o artigo, nos comentários abaixo!

5/5 (1 Review)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.