Como fazer um plano de negócios

O plano de negócios é um documento que atua como uma importante ferramenta de gestão de risco, pois tem o objetivo de reduzir riscos e erros durante a abertura de um empreendimento. Este importante documento também pode e deve ser utilizado na ampliação, expansão e/ou inovação de negócios que já estão em atividade.

Deste modo, elaborar um plano de negócios é indispensável para aumentar as chances de sucesso do empreendimento, uma vez que essa ferramenta é capaz de evitar que o empreendedor cometa erros por falta de análise da área de atuação do negócio. O plano de negócios também possibilita que o empreendedor planeje o futuro do seu negócio para obter sucesso.

Fazer um plano de negócios é uma tarefa complexa e que deve seguir critérios realistas conforme circunstâncias do empreendimento. Para ajudar os empreendedores a elaborarem seus planos de negócios para que viabilizem seu empreendimento a equipe do Oportunidades Profissionais preparou este artigo para tirar todas as suas dúvidas sobre plano de negócios.

O que é um plano de negócios

Um plano de negócios é um documento feito pelo empreendedor que visa avaliar se um negócio será viável através da organização de suas ideias iniciais, para dar apoio a administração, facilitar o entendimento e a comunicação entre os envolvidos no negócio. Este documento também visa ajudar na captação de recursos financeiros e humanos.

O plano de negócios possibilita que o empreendedor tenha uma noção prévia de como a sua empresa vai funcionar conforme lógica do mercado, pois proporciona conhecimentos de questões técnicas de funcionamento, como investimentos e outros aspectos vitais para o sucesso do negócio.

Para fazer um plano de negócios o empreendedor deve estar ciente de que este documento atua como um instrumento de planejamento e por isso deve ser elaborado, preferencialmente pelo próprio empreendedor, a partir de uma pesquisa com informações e dados reais para auxiliá-lo no momento da criação ou expansão do negócio.

Como fazer um plano de negócios

As informações necessárias para elaborar um plano de negócios abrange desde uma análise detalhada de mercado até a decisões de aspectos e objetivos específicos do funcionamento operacional e financeiro do empreendimento como um todo.

Assim sendo, este documento deve conter uma análise de mercado, um plano de marketing, uma estrutura operacional, um plano financeiro e uma espécie de resumo do documento, intitulada sumário executivo, para ser utilizada em momentos específicos, como em uma análise da empresa por futuros investidores.

Destacamos abaixo, de maneira mais completa, os aspectos de cada informação vital para definir os passos que o empreendedor anseia que a sua empresa dê. Também acrescentamos exemplos de dados que cada tópico do plano de negócios deve conter para tornar o documento completo e pertinente.

Análise de Mercado

O primeiro passo é fazer pesquisas para entender o mercado, conhecer os clientes, a concorrência e os fornecedores, pois é necessário absorver tais conhecimentos para conseguir definir seu público alvo e para traçar metas e objetivos sólidos que sejam condizentes com o mercado.

No entanto, destacamos, que será necessário que o empreendedor dedique tempo e tenha bastante paciência para fazer uma pesquisa que realmente reúna informações detalhadas da área de atuação do empreendimento.

Exemplos de dados para a Análise de Mercado

  • Estudo de clientes
  • Análise de concorrentes
  • Pesquisa de fornecedores

Plano de Marketing

A próxima etapa é determinar como o seu serviço e/ou produto serão vistos no mercado, mas para isso será necessário, além de explorar as possibilidades de divulgação, conhecer e saber apresentar a qualidade e o custo benefício que o serviço e/ou produto proporcionará aos clientes.

Determinar um plano de marketing é importante para o momento da divulgação porque  mostra como convencer as pessoas, o público alvo, a adquirir o seu serviço e/ou produto quando for anunciado.

Exemplos de dados para o Plano de Marketing

  • Descrição dos produtos e/ou serviços
  • Preços
  • Estratégias promocionais
  • Estrutura de comercialização
  • Localização do empreendimento

Estrutura Operacional

O próximo passo do plano de negócios envolve determinar a estrutura operacional do negócio. Esta estimativa de estrutura operacional têm o intuito de auxiliar o empreendedor para que ele entenda o processo de execução operacional do negócio como um todo.

Essa parte do plano de negócios é muito importante porque após amadurecer a ideia do empreendimento é necessário torná-lo viável para que possa ser consolidada uma estrutura de funcionamento assertiva para o tipo de negócio.

Exemplos de dados para a Estrutura Operacional

  • Estrutura física
  • Capacidade de produção e/ou serviço para venda
  • Processos operacionais
  • Necessidade de mão de obra

Plano Financeiro

O plano financeiro é a etapa do plano de negócios que determina ou não a abertura do empreendimento, inovação e/ou expansão, pois proporciona ao empreendedor uma estimativa do valor total necessário para investimento para que ele possa concretizar o negócio.

Essa estimativa deve levar em consideração todos os custos necessários para o investimento, desde gastos fixos até dados e prazos para o retorno do investimento.

Exemplos de dados para o Plano Financeiro

  • Investimento total
  • Estimativa de investimentos fixos
  • Capital de giro necessário
  • Estimativa do faturamento mensal
  • Estimativa do custo unitário de matéria-prima
  • Estimativa dos custos de comercialização
  • Estimativa de custo dos materiais diretos e/ou mercadorias vendidas
  • Estimativa de custos com mão de obra
  • Estimativa do custo com depreciação
  • Estimativa dos custos fixos operacionais mensais
  • Indicadores de viabilidade
  • Ponto de equilíbrio
  • Lucratividade
  • Rentabilidade
  • Prazo de retorno do investimento

Sumário Executivo

O sumário executivo, como já explicamos neste artigo, é um pequeno resumo do plano de negócio que é a última seção a ser elaborada, pois precisa de todos os dados apurados.

No entanto, em uma apresentação para possíveis investidores, sócios e/ou parceiros esta parte do documento é apresentada no início do plano de negócios, isso porque é necessário mostrar primeiro os indicadores e resultados alcançados para que o negócio gere interesse.

Exemplos de dados para o Sumário Executivo

  • Resumo dos principais pontos do plano de negócio.
  • Indicadores de viabilidade com lucratividade, rentabilidade, prazo de retorno do investimento e ponto de equilíbrio (PE) e seus respectivos valores.
  • Apresentação do(s) empreendedor(es) com dados pessoais, perfil e atribuições.
  • Dados do empreendimento, como nome da empresa e CNPJ ou CPF
  • Missão, visão e valores da empresa
  • Especificação dos setores e atividades
  • Especificação da forma jurídica
  • Dados de enquadramento tributário
  • Informações do capital social da empresa por sócio, com nome, valor e porcentagem de participação
  • Descrição da origem dos recursos necessários para a abertura da empresa

Para finalizar ressaltamos que os empreendedores podem e devem fazer alterações e/ou adaptações para que o plano de negócios atenda a realidade e as circunstâncias do seu empreendimento. Ou seja, caso necessário, acrescente, elimine e/ou modifique pontos estratégicos para que sejam condizentes com o seu negócio.

O Oportunidades Profissionais te deseja sorte no desenvolvimento do seu plano de negócio e sugere que você leia os demais textos do site para garantir mais sucesso para o seu negócio, e está aberto a responder todas as suas dúvidas sobre o artigo, nos comentários abaixo!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.