Exemplos de pontos fracos para responder na entrevista de emprego

0
Confira 05 exemplos de pontos fracos que você pode utilizar para responder ao recrutador durante a entrevista de emprego.

Participar de uma entrevista de emprego, costuma deixar os candidatos um pouco desconfortáveis, afinal de contas este é um momento onde o mesmo deve expor suas qualidades, habilidades e limitações de maneira sucinta e precisa para conquistar o respeito e a confiança do recrutador. Entretanto, expor suas reais limitações pode ser uma tarefa difícil, até porque, apontar defeitos erroneamente pode diminuir a sua possibilidade de contratação.

Por isso uma das questões que mais traz dificuldades para os candidatos responderem é exatamente “Quais os seus pontos fracos?”, visto que a maioria dos candidatos procuram esconder suas fraquezas, isso porque acreditam que precisam se apresentar como um profissional que não possui pontos a melhorar, e acabam utilizando a estratégia de falar um ponto fraco que possa ser visto como um dos seus pontos fortes.

Sabemos o quanto é difícil falar sobre pontos fracos em uma entrevista, mas quando o candidato admite os seus pontos fracos, que não tenham relação direta com o cargo que está disputando, ele gera credibilidade, diminui as suas possibilidades de rejeição e ainda se diferencia dos demais candidatos. Visando ajudar os candidatos que tem dificuldade para desenvolver uma resposta para “Quais os seus pontos fracos?”, desenvolvemos este artigo com algumas dicas de como responder.

O que os recrutadores querem saber com a pergunta “Quais os seus pontos fracos?

Pontos fracos são características pessoais que impedem que uma pessoa possa executar determinada atividade, com perfeição, visto que ela possui uma dificuldade ou deficiência que a impede de executar a atividade. Sabendo disso, partimos do pressuposto que a ideia desta pergunta é tirar o candidato da sua zona de conforto, visando conseguir avaliar como ele reage quando colocado em uma posição defensiva.

No entanto, o real objetivo do entrevistador ao questionar o candidato sobre suas fraquezas profissionais é descobrir se o mesmo tem a capacidade de enfrentar e ultrapassar desafios. A questão também permite que o recrutador observe como o candidato irá conduzir sua apresentação após expor suas fraquezas. Por esse motivo é necessário ter muita cautela ao desenvolver uma resposta, pois os recrutadores estão sempre alerta para qualquer deslize do candidato.

Sendo assim, o candidato precisa ter em mente que, no momento da entrevista, ele deve saber escolher os pontos fracos que irá expor, uma vez que não deve apresentar aqueles que tenham relação direta com o cargo que ele está disputando. Ou seja, o candidato deve focar em citar apenas pontos fracos que não estejam ligados aos atributos exigidos para atender a vaga que ele está concorrendo.

Como identificar seus pontos fracos

Identificar nossos pontos fracos é uma tarefa muito complexa, principalmente porque é muito difícil conseguir reconhecer nossos defeitos, fraquezas e inseguranças, deste modo, recomendamos que o candidato se prepare, antes da entrevista, para responder está questão adequadamente.

O candidato deve fazer uma autoavaliação onde ele deverá listar seus pontos fracos. Em seguida ele deve fazer um levantamento sobre a vaga e a empresa que visa trabalhar, descobrir quais são os valores, a missão, o que ela procura em colaboradores e como candidato pode ajudá-la, saber estas informações é importante porque quanto mais o candidato souber sobre a empresa, mais fácil será elaborar uma estratégia para responder o recrutador na hora da entrevista.

Após reunir todas estás informações o candidato deverá cruzar os seus dados (defeitos) com informações da empresa para descobrir quais dos seus pontos fracos não tem uma relação direta com os atributos exigidos para atender a vaga que visa conquistar.

E lembre-se de evitar frases clichês, que não são pontos fracos, como “sou perfeccionista” ou “trabalho de mais”, seja franco e mencione um ponto fraco real. Não recomendamos que o candidato chegue à entrevista com respostas decoradas, uma vez que isso pode ser percebido e prejudicar sua avaliação.

Dicas de como responder à pergunta “Quais os seus pontos fracos?” na entrevista de emprego

Primeiramente o candidato deve descrever brevemente os pontos fracos, que definiu anteriormente, em seguida ele deve falar sobre as ações que está tomando para superar esse obstáculo. Ao citar pontos fracos reais o candidato expressa que tem conhecimento das suas fraquezas profissionais e que está trabalhando para superá-las e alcançar o seu objetivo.

Destacamos que ao descrever seus pontos fracos o candidato pode citar onde e como o observou e quais feedbacks recebeu de colegas e superiores que comprovam sua visão do problema, mas, sempre destacando que tomou uma iniciativa visando melhorar.

Lembre-se que os recrutadores sabem que ninguém é perfeito, por isso esperam respostas que demonstre que os candidatos conhecem seus limites e os apresentam com franqueza, comprovando que o mesmo possui uma boa capacidade de reflexão e análise.

05 exemplos de resposta para a pergunta “Quais os seus pontos fracos?”

Reforçamos que ao expressar e explicar claramente seus pontos fracos, desde que eles não tenham relação direta com o cargo pretendido, eles podem ser bem vistos pelo recrutador.

Exemplo 1:

Eu não sou uma pessoa boa para falar em público, pois fico muito apreensiva e agitada, mas estou trabalhando para desenvolver está habilidade e de acordo com o feedback do meu ex-gerente eu tenho melhorado minha desenvoltura, o que acredito ser possível devido as recorrentes apresentações de trabalhos da faculdade.

Exemplo 2:

Eu tenho muita dificuldade de expressar a minha opinião para os meus superiores, pois tenho receio de gerar um confronto ou um desconforto com os outros envolvidos, mas estou aprendendo, com a ajuda do meu supervisor, que um confronto não é necessariamente algo ruim, pelo contrário, ele pode ser algo muito positivo para o crescimento da empresa. Isso claro, se a ideia tiver fundamento e for apresentada de uma maneira correta e embasada com bons argumentos.

Exemplo 3:

Eu sou uma pessoa muito exigente e com isso acabo esperando muito dos outros, mas após assumir um cargo de gerência no meu emprego atual, comecei a entender que cada pessoa tem seu tempo e jeito de fazer as coisas, e por isso não posso esperar que as coisas sejam feitas exatamente do meu jeito, desde então comecei a trabalhar para me tornar uma pessoa menos apegada aos detalhes.

Exemplo 4:

Eu sou uma pessoa muito preocupada e autocritica, sempre finalizava meus relatórios do meu antigo emprego, com a sensação de que poderia ter feito melhor, mas com o passar do tempo, notei que essa minha insatisfação acabava por afetar a minha produtividade. Desde então comecei a trabalhar para controlar a minha ansiedade e aumentar a minha autoconfiança.

Exemplo 5:

Eu sou uma pessoa muito tímida e por isso fico muito agitada em situações de interação pessoal, o que acabava interferindo na minha realização profissional, mas com a ajuda de um psicoterapeuta, a aproximadamente três anos, eu aprendi a controlar essa característica e agora eu faço aulas de dança para superar a minha timidez.

Ressaltamos que a honestidade e a sinceridade são muito relevantes ao abordar este tema, no entanto ao admitir aspectos negativos é muito importante destacar que já está fazendo alguma coisa para melhorar essa competência.

Leia também: Como fazer um currículo [confira a estrutura ideal e modelo para utilizar]

05 exemplos de pontos fracos para utilizar na entrevista de emprego

Oportunidades Profissionais te deseja muita sorte nas suas próximas entrevistas de emprego e sugere que você leia os demais textos do site para absorver mais dicas e garantir uma carreira de sucesso. Estamos abertos a responder todas as suas dúvidas sobre o artigo, nos comentários abaixo!

3.4/5 (10 Reviews)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.