Como montar um negócio com até R$ 500,00

Muitos brasileiros sonham em montar seu próprio negócio, seja porque buscam conquistar uma renda extra para ajudar nas despesas ou devido aos altos índices de desemprego, como mostra os dados do IBGE, que é consequência da crise economia enfrentada pelo país. No entanto, a maioria destes brasileiros contam com um valor de até R$ 500,00 para iniciar o investimento do seu negócio.

Felizmente, existem muitas opções de negócios com baixo investimento que podem ser compatíveis com suas habilidades, conhecimentos ou talentos e que permitem um investimento inicial, relativamente baixo. Vale frisar que na maioria das vezes o que impede o sucesso de um negócio é uma má administração e não o valor do investimento inicial.

Deste modo, para conseguir montar um negócio de sucesso será necessário muito trabalho e dedicação, além é claro de investimento em uma boa estratégia para selecionar e impulsionar o empreendimento. Tarefa árdua, mas que com a ajuda da equipe do Oportunidades Profissionais para reunir todas as informações que você vai precisar para montar um negócio com até R$ 500,00, será simples.

Tipos de negócio que dá para montar com até R$ 500,00

O primeiro passo é estruturar seu negócio e para isso é necessário escolher o tipo de negócio que você deseja montar, isso claro levando em consideração o fator custo do investimento, mas também considerando suas habilidades e conhecimentos para escolher o segmento e nicho. Ou seja, você prefere investir em prestação de serviços ou na fabricação e venda de produtos?

Essa decisão deve seguir um estudo criterioso e analítico, pois irá determinar a estrutura do negócio. Isso porque um negócio do segmento de prestação de serviços exige uma estrutura menor, pois o seu foco é utilizar, principalmente, os conhecimentos do empreendedor na área para exercer uma atividade.

Enquanto, que para o segmento de fabricação e venda de produtos, normalmente exige uma estrutura maior, já que necessita de um espaço para o armazenamento e estoque dos produtos que serão produzidos e vendidos. Com ressalvas para casos onde o negócio é totalmente voltado para o desenvolvimento e/ou venda de produtos digitais.

6 ideias de negócio para começar a empreender com até R$ 500,00

A equipe do Oportunidades Profissionais listou abaixo 6 opções de ideias de negócio, das muitas existentes hoje no mercado, para começar a empreender com até R$ 500,00 que além de serem totalmente viáveis, ainda são tendência no mercado.

  1. Revendedor de marcas conhecidas do mercado
  2. Alimentação alternativa para públicos específicos
  3. Prestar serviço de limpeza, manutenção e/ou conserto
  4. Oferecer serviços de beleza e estética
  5. Loja virtual sem estoque
  6. Venda de serviços e/ou produtos digitais

O mais aconselhado é focar em um segmento e nicho de negócio no qual, você empreendedor tenha habilidades para executar ou produzir e que vise solucionar um ou mais problemas enfrentados pelos consumidores, como a oferta de um produto ou serviço pouco ofertado na sua região, pois esse tipo de negócio tende a ser mais lucrativo.

Como montar seu pequeno negócio do zero

O próximo passo após determinar o segmento e nicho do negócio, é desenvolver a estratégia de investimento, afinal e contas, é necessário dividir e otimizar o dinheiro disponível para o negócio em três partes, matéria prima e/ou equipamentos, divulgação e capital de giro.

Mas antes disso, uma dica importante para gerenciar melhor os gastos e despesas do seu negócio é separar as finanças pessoais e empresariais, pois misturar as finanças além de atrapalhar a organização do negócio, ainda pode impedir que o negócio prospere devido a um gerenciamento pouco eficiente. Então tenha contas separadas e controle constantemente as movimentações.

Voltando a questão da divisão da verba disponível para o investimento, o mais recomendado pelos especialistas em gestão financeira do mercado é primeiramente buscar informações detalhadas sobre o ramo de atuação, produtos, serviços oferecidos, clientes, concorrentes e pontos fortes e fracos do negócio, para entender o funcionamento para planejar cada etapa.

Pois a única maneira de determinar quais pontos exigem investimento monetário é estudando todos os aspectos do negócio para usar os recursos disponíveis de maneira inteligente e consciente para garantir uma gestão financeira eficiente e consequentemente um negócio financeiramente bem sucedido.

Como impulsionar seu negócio para crescer

Após planejar tudo, com todos os detalhes e aspectos estudados e coletados é a hora de tirar os planos do papel, trabalhar e se dedicar ao máximo para conseguir construir um negócio viável e que gere grandes lucros.

É importante saber que antes de conquistar o sucesso será necessário muita persistência e até paciência, pois abrir um negócio de sucesso é um processo longo e que envolve um retorno um pouco demorado, pois os ganhos iniciais devem ser destinados a novos investimentos para que no futuro seu negócio prospere e cresça.

Ou seja, é improvável que o seu negócio gere lucro no início, provavelmente exigira muito trabalho e empenho e o retorno será apenas para se pagar e reinvestir. Por isso o início costuma ser árduo, mas somente com perseverança e dedicação será possível crescer e deixar de ser um mini negócio de R$500,00 e se tornar quem sabe um negócio de R$ 5 ou R$ 15 mil.

Como potencializar o crescimento do seu negócio

Para potencializar o crescimento contínuo do seu negócio e ainda garantir uma série de vantagens e benefícios previdenciários, relacionados abaixo, o ideal é se formalizar como Microempreendedor Individual (MEI), estágio inicial de uma empresa regularizada junto ao Governo Federal.

Vantagens e benefícios previdenciários que o MEI tem direitos:

  • CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica)
  • Alvará de funcionamento
  • Acesso a produtos e serviços bancários com juros mais baratos
  • Autonomia para emitir nota fiscal
  • Ser isento dos tributos Federais, como Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL, devido ao enquadramento no Simples Nacional 
  • Cobertura previdenciária para o empreendedor e seus dependentes legais, como Salário maternidade, auxílio doença, aposentadoria por idade ou invalidez, pensão por morte (para a família) e auxílio reclusão

O processo de inscrição gera um registro empresarial, entretanto a formalização conta com algumas regras e condições de enquadramento, relacionadas abaixo, além é claro de algumas obrigações como contribuições mensais e envio de declarações anuais.

Regras e condições para se tornar MEI:

  • Ser um empreendedor com mais de 18 anos ou mais de 16 anos e ser legalmente emancipado
  • Ter um negócio com faturamento de até R$ 81.000,00 (mil) por ano ou R$ 6.750,00 (mil) por mês
  • Exercer uma das atividades econômicas previstas no Anexo XI, da Resolução CGSN nº 140 de 2018
  • Não participar como sócio, administrador ou titular de outra empresa;
  • Não ser servidor Público Federal em atividade

O cadastro como MEI pode e deve ser feio sem burocracia diretamente no Portal do Empreendedor.

Oportunidades Profissionais te deseja sorte e sugere que você leia os demais textos do site para garantir sucesso no desenvolvimento do seu negócio e está aberto a responder todas as suas dúvidas sobre o artigo, nos comentários abaixo!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.