Aprenda como estudar para o ENEM sozinho

0

Descubra como estudar para o ENEM sozinho, como se sair bem e alcançar uma excelente nota para garantir uma bolsa de estudos.

O ENEM Trata-se basicamente de um exame com cento e oitenta questões e uma redação, que é realizado em dois dias e tem como objetivo permitir que os candidatos que tirarem uma boa nota, tenham a chance de adquirir bolsas de estudo parciais ou integrais em universidades ou centros universitários.

Para conquistar uma boa nota no ENEM é necessário muita disciplina, dedicação e força de vontade.

Para não ficar perdido em meio tantos conteúdos, sem saber se organizar para estudar e sem manter o foco nos estudos desenvolvemos um guia completo com todas as etapas para você aprender como estudar para o ENEM sozinho de maneira objetiva e eficiente.

Como se organizar para estudar sozinho

O primeiro passo para aprender como estudar para o ENEM sozinho e obter sucesso nos estudos é por meio de muita disciplina, estabilidade, foco, objetividade e estudo. Sendo assim é extremamente necessário desenvolver o habito de estudar todos os dias.

É muito importante definir suas prioridades para assim conseguir se organizar para estudar sozinho, sendo assim trace uma meta objetiva. Esta meta deve ser vista como um beneficio que o estudo trará a você, e utilizada como um incentivo ao seu estudo, pois somente assim conseguirá reconhecer a importância do estudo para colocá-lo em pratica diariamente.

Aprenda como estudar para o ENEM sozinho

O que estudar para o ENEM – Disciplinas que mais caem

Infelizmente é impossível aprender sobre tudo por isso é extremamente importante saber o que estudar. Sabemos que o exame do ENEM é muito complexo por isso é difícil dizer ao certo o que cairá, no entanto é pressuposto que o exame aborde todas as matérias vistas durante o ensino médio.

Entretanto sabe-se que a prova é dividida em quatro partes, onde as matérias são subdivididas por disciplinas.

Seguem as disciplinas de cada etapa da prova de acordo com as matérias que mais caem:

  1. Ciências Humanas e Suas Tecnologias – Essa parte da prova é composta por conceitos da Idade Contemporânea; Geografia Agrária; Ética; Mundos do Trabalho; Cartografia; História do Brasil; Ideologia; Geopolítica; Idade Moderna; Meio Ambiente; Globalização; Democracia e Cidadania; Brasil Colônia; Natureza do Conhecimento; e Cultura e Indústria Cultural.
  2. Ciências da Natureza e Suas Tecnologias – Essa parte da prova é composta por conceitos de Termodinâmica; Meio Ambiente; Leis da Física; Físico-química; Mecânica; Humanidade; Citologia; Ondulatória; Química Orgânica; Eletricidade; Histologia e Fisiologia; Óptica e Biotecnologia.
  3. Linguagens, Códigos e Suas Tecnologias – Essa parte da prova é composta pela Redação, pelos conceitos da Leitura e Interpretação de Texto; Análise do Discurso; Leitura e Artes; Domínio Lexical; Compreensão Textual; e Gêneros Textuais
  4. Matemática e Suas Tecnologias – Essa parte da prova é composta por Geometria; Aritmética; Escala, Razão e Proporção; Funções; Porcentagem; Gráficos e Tabelas; e Probabilidade.

Ressaltamos que estas são as disciplinas e áreas de conhecimento que estaticamente mais caem na prova do ENEM.

Como começar a estudar para o ENEM

Para começar a estudar é necessário primeiramente separar as disciplinas e tempo para estudo. Sendo assim aconselhamos seguir o método onde deve-se selecionar as disciplinas de acordo com o seu nível de dificuldade.

Exemplo de como separar as disciplinas:

  • Disciplinas que você tem maior nível de dificuldade.
  • Disciplinas que você tem menor nível de dificuldade.

Recomendamos ainda que o tempo para o estudo de cada disciplina também seja separado de acordo com o seu nível de dificuldade, visto que assim você se dedicará de maneira objetiva e eficiente.

Exemplo de como separar o seu tempo diário para estudos:

  • 10% do seu tempo deve ser para revisar matéria vista anteriormente.
  • 05% do seu tempo deve ser para separar o material para o estudo.
  • 45% do seu tempo deve ser para disciplinas que você tem maior nível de dificuldade.
  • 30% do seu tempo deve ser dedicado as disciplinas que você tem menor nível de dificuldade.
  • 10% do seu tempo deve ser para criar um resumo para revisão (diária, semanal, quinzenal e mensal).

Agora que já foi detectado as áreas de conhecimentos pertinentes ao exame e o método mais eficaz de aprendizado vamos desenvolver um plano de estudos, para aprender como estudar para o ENEM sozinho e implementar uma rotina de estudos ao seu cotidiano.

Programa de estudos específico para o ENEM

Para aprender como estudar para o ENEM sozinho, é primordial desenvolver um programa de estudos específico, personalizado e característico para sua rotina diária.

Para criar um programa de estudos deve-se primeiramente identificar em sua rotina todos os horários diários disponíveis ao estudo. Somente assim será possível desenvolver um controle diário de estudos.

Então crie uma planilha com as disciplinas e horários destinado ao estudo de cada uma delas. Quanto mais completa for sua planilha de estudos mais fácil será de acompanhar e revisar seus estudos.

Esta planilha pode ser criada através do Word usando modelos prontos como “planilha semanal, calendário acadêmico, plano de lições, entre outros” ou através do Excel usando modelos prontos como “calendário acadêmico, calendário do aluno, calendário de compromissos, entre outros”.

Descubra como estudar para o ENEM sozinho

Como estudar para o ENEM sozinho

Para estudar sozinho para o ENEM é indispensável selecionar um local adequado aos estudos, aconselhamos que opte por um ambiente silencioso, organizado e confortável, ou seja, escolha um local onde não tenham distrações e em que você possa se concentrar.

Em seguida selecione o material apropriado de acordo com o programa de planejamento.

Como estudar pela internet

Estudar pela internet é uma ótima opção para os que buscam aprender como estudar para o ENEM sozinho, visto que existem diversos sites que disponibiliza ferramentas interativas gratuitas ou pagas para auxiliar no aprendizado do estudante.

Existem vídeos aula, e-books, aulas online interativas, apostilas, dicas de profissionais capacitados, cursos online, simulados e provas do ENEM dos anos anteriores.

Exemplos de sites para estudar sem custos:

Existem muitos sites com diversos conteúdos educacionais que podem ajudar na hora de estudar, mas vale lembrar que é muito importante procurar por ferramentas especificas e que sejam úteis ao seu estudo.

Ressaltamos que realizar simulados é extremamente importante para medir seu nível de desempenho e para posteriores correções de falhas.

Como aprender de maneira rápida e produtiva

Para aprender de maneira mais rápida e produtiva você precisa entender como seu cérebro memoriza as informações que ele recebe diariamente, isso mesmo você precisa identificar qual a melhor técnica de aprendizado, para conseguir a acelerar seu processo de aprendizagem.

Para identificar qual o melhor método de aprendizado para você, é imprescindível que relembre qual a melhor maneira encontrada pelo seu cérebro para guardar informações.

As técnicas de aprendizado e memorização podem variar dentro de cada grupo especifico. Uma vez que o seu cérebro possa responder a estímulos diversos.

  • Visuais – Entende com mais facilidade quando estimulado pela visão.

Através de imagens, gráficos ou anotações grifadas e costuma utilizar mapas mentais para memorizar.

  • Auditivos – Entende ao ouvir a explicação e repassar o conteúdo em voz alta.

Através de leituras em voz alta, vídeo e áudio aulas e utiliza associação de palavras para memorizar.

  • Cinestésicos – Entende o conteúdo na prática.

Através de citações como exemplos, aulas praticas e utiliza jogos de memória para memorizar.

Ao identificar o melhor método de aprendizado, você consegue guiar o seu processo de aprendizagem para que seja rápido e produtivo.

Como estudar corretamente para aprender qualquer conteúdo

Para estudar de maneira correta, você precisa manter o foco nos estudos, visto que quanto mais atenção tiver mais fácil será gravar as informações em seu cérebro.

É extremamente importante fazer um resumo de todo o conteúdo aprendido ao fim do seu horário de estudos. Este resumo irá te auxiliar no momento designado a revisão no dia seguinte. Em seguida, tente ensinar o que você aprendeu a alguém, este processo vai te ajudar a fixar o conteúdo aprendido e ainda a avaliar seu nível de conhecimento.

Agora que você já aprendeu como estudar para o ENEM sozinho, em caso de reprovações não desanime, mantenha-se motivado para correr atrás do seu sonho. Aproveite está oportunidade para avaliar seu desempenho, corrigir seus pontos fracos, modificar sua estratégia e adotar uma postura campeã.

Fique à vontade para deixar nos comentários alguma dúvida, critica ou sugestão sobre como estudar para o ENEM sozinho, pois a nossa equipe terá um grande prazer em te ajudar.

0/5 (0 Reviews)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.